Esse é um dos maiores segredos para o sucesso de uma campanha para a rede de pesquisa no Google Ads.

Já falamos em outro post sobre os termos de pesquisa e como as buscas podem ser diferentes das palavras-chave que colocamos no gerenciador. O responsável por essa diferença são os tipos diferentes de correspondência de palavras-chave que podemos adicionar.

Antes de dar continuidade e explicar cada um dos termos, é importante alertar para que você realmente foque um pouco em cada um dos tipos de correspondência e entenda que a diferença entre os termos é somente um sinal gráfico.

Coloque seu celular em uma gaveta e elimine as distrações pois o que será explicado aqui é, sem dúvida, o que faz as contas de Google Ads gastarem mais dinheiro de forma inapropriada.

Para exemplificar cada uma das correspondências, vamos usar o exemplo que o próprio Google usa. Então, vamos supor aqui que você tenha uma loja que venda chapéus femininos e deseje criar uma campanha no Google para atrair pessoas procurando por este produto.

Você pode adicionar palavras-chave usando um ou mais das 4 correspondências a seguir:

Correspondência Ampla

Já começamos pela correspondência mais comum e mais mal utilizada pelas contas que já tivemos acesso.

A palavra chave quando adicionada como se escreve, sem qualquer indicativo adicional (você vai entender isso logo) é a correspondência ampla e ela pode ser ativada pelo termo que adicionamos na conta e por mais uma série de termos que o Google entende que pertencem ao mesmo campo semântico da palavra.

Complicou né? Vamos simplificar?

Você adiciona a palavra-chave chapéus femininos. Porém, depois de um tempo você vai olhar o relatório de termos de pesquisa e descobre que seu anúncio foi exibido (e clicado) para termos como: chapéus femininos, bonés femininos, comprar chapéus de mulher, calças femininas, etc.

Estranho né? Entende agora o que o Google entende por campo semântico? São buscas que tem uma relação com a palavra que adicionamos mas que podem sair completamente fora do que estamos querendo anunciar.

Onde usamos as palavras amplas aqui na agência? Quando queremos expandir nossas buscas. Por exemplo, já temos campanhas configuradas com termos mais exatos (calma que vamos chegar lá) e queremos descobrir novas buscas para ver se achamos mais alguma coisa que não pensamos anteriormente. Nesse caso, criamos uma campanha com uma verba limitada e adicionamos a palavra-chave com a correspondência ampla. E ficamos de olho diariamente em termos que podemos negativar ou adicionar em outras campanhas.

É o único caso que essas palavras servem. Senão, só serve pra perder dinheiro.

Correspondência Ampla Modificada

Já vimos que a correspondência ampla sai muito fora do que queremos. Então, para ter um pouco muito mais controle, adicionamos um modificador na palavra ampla.

Nossa palavra-chave agora será adicionado como +chapéu +feminino (note o sinal de + na frente das palavras).

Com isso, estamos sinalizando ao Google que queremos que nosso anúncio só apareça quando a pesquisa contenha as palavras chapéu e feminino (ainda podemos ver sinônimos, erros de ortografia ou diferença entre singular e plural) e continue pertencendo ao mesmo campo semântico.

Então, agora começamos a ver pesquisas no nosso relatório de termos de pesquisa como: chapéu femininos, chapéus para mulher, boné feminino, chapéus e lenços femininos.

Já começamos a ter um pouco mais de controle. Termos como calças femininas já não aparecem mais pois não consta nesta pesquisa a palavra chapéu ou um sinônimo.

Nós entendemos que esta é a melhor correspondência pra utilizar junto com a exata. Mas lembre-se de ficar de olho para negativar termos que você não quer aparecer.

Correspondência de frase

A correspondência de frase dá um pouco mais de controle sobre os termos, porém ela pode acabar “travando” demais as buscas.

Quando adicionamos a palavra-chave “chapéu feminino” (as aspas no início e no fim indicam que é uma correspondência de frase), estamos querendo aparecer somente quando as duas palavras aparecem juntas e nessa ordem. Então, se alguém pesquisa por preço de chapéu feminino, vamos aparecer com o nosso anúncio. Porém, a pesquisa por chapéus e lenços femininos já não ativam nosso anúncio pois não pode ter nada entre as palavras chapéu e feminino.

Nesse caso, pode ter uma ou mais palavras antes ou depois da palavra-chave. O único caso que não pode é ter palavras no meio.

Outro detalhe da correspondência de frase é que a busca não pode ter as palavras fora da ordem. Então a busca por mulher chapéu não acionará nosso anúncio.

Correspondência Exata

Este também é uma das correspondências que mais usamos. Apesar de nos últimos tempos ter perdido um pouco do controle que ela oferecia.

A correspondência exata, como o nome sugere, só acionaria o anúncio caso a pesquisa fosse igual à buscada. Então, se compramos a palavra [chapéu feminino] (colchetes definem uma palavra-chave como exata), só aparecemos quando alguém faz uma pesquisa por… chapéu feminino.

Este tipo de correspondência é útil para selecionarmos palavras que tem um bom retorno e podermos aumentar o custo por clique por exemplo, para ficarmos melhor posicionados para este termo.

Porém, nos últimos tempos o Google mudou bastante esta correspondência. Agora, podemos acabar aparecendo nas buscas por chapéus de mulher, por exemplo. Já não é mais um termo exato e se aproxima um pouco da ampla modificada. Outra busca que pode acionar nosso anúncio é: mulher chapéu. Ou seja, o termo pode aparecer em ordem inversa e ainda assim acionará a palavra exata.

A única vantagem que ainda temos é que a exata não aceita nenhuma palavra antes ou depois. Mas ainda assim já não é mais tão exata.

Ou seja, mesmo na exata é importante você ficar de olho no relatório de termos de pesquisa e caso apareça alguma palavra que você não queira, negativar esta palavra.

Variações aproximadas da palavra-chave

Importante sempre pensar nisso antes de sair adicionando palavras na sua conta. Todos os tipos de correspondências serão acionados quando houver variações aproximadas da palavra-chave.

Então, você não precisa adicionar variações caso a busca contenha:

  • Erros ortográficos
  • Formas no singular ou plural
  • Variações do mesmo radical (por exemplo, flor e floricultura)
  • Acentos

Ou seja, não precisa adicionar as palavras chapéu e chapeu (com e sem acento) pois o Google já resolve isso.

Como você deve ter visto, esse é um assunto amplo mas muito importante para manter uma campanha na rede de pesquisa lucrativa. Não deixe de dar uma atenção a esses detalhes.

Você pode ler mais sobre isso na própria central de ajuda do Google.

Share This