Google Ads Novidade

Tratando conversões duplicadas no Google Ads

Todas as contas de Google Google Ads devem possuir pelo menos uma conversão ativada. É uma forma de avaliar como está o andamento sem depender de olhar para a quantidade de cliques ou CTR.

Nem sempre a conversão é uma venda. Muitas vezes é um envio de um formulário de contato, envio de um pedido de orçamento, download de um e-book, etc.

A importância da conversão é medir se o Google Ads está atingindo os objetivos propostos. Por exemplo, se o objetivo de um site de um dentista é que as pessoas preencham um formulário de marcação de consulta, toda vez que este formulário for enviado, o Google Ads receberá essa informação (claro, somente se o cliente tiver vindo através de um anúncio do Google Ads). Com isso, é possível saber quais palavras-chave, anúncios, horário, localidade, dispositivos, etc são os maiores responsáveis por gerar o preenchimento de formulário e aí sim, focar nessas características.

Conversões duplicadas

Um dos grandes problemas das conversões é que muitas vezes um usuário, ao fazer uma compra ou enviar um formulário, podia recarregar a página (ou dar F5), clicar no botão voltar, ou até mesmo guardar a URL e abrir novamente mais tarde para consulta. Com isso, cada vez que essa página era recarregada, o script de conversão do Google Ads era novamente ativado e enviava essa informação, como se fosse uma nova transação.

Com isso, o relatório podia acabar mostrando um número de conversões maiores do que o real. Ou então o site precisava ser programado para que este tipo de problema não ocorresse.

Mas agora o Google Ads lançou uma nova funcionalidade que permite amenizar um pouco este problema.

O script de conversão permite agora identificar o número da transação ou um número único para cada contato. Caso a página seja novamente carregada e com esse mesmo número de transação, o Google Ads não computa como uma nova conversão.

Todas as informações sobre como fazer essa configuração está na página de suporte do Google Ads. Converse com o seu desenvolvedor para adicionar esta configuração em seu site.

Esta configuração ainda não está disponível no Google Tag Manager, ou seja, caso seu site use essa ferramenta, a tag de conversão terá que ser criada como uma tag HTML customizada. Esperamos que em breve o Google adicione essa funcionalidade para facilitar a nossa vida.

Gostou deste conteúdo? Gostaria de saber mais sobre conversões? Não esqueça de deixar seu comentário e se inscrever na nossa newsletter para receber as novidades.

Author

Mauro Pedrini

Um nerd apaixonado por negócios.
Meu foco é aumentar as vendas e o tamanho das empresas usando as ferramentas que a internet oferece.

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *